Como pintar ou envernizar MDF

   

Recentemente tive a oportunidade de ter em mãos algumas anteparas do modelo Black Pearl uma reprodução do navio mítico da série de filmes Piratas do Caribe que no momento está sendo oferecido ao público por meio de  uma série de 100 fascículos pela Salvat.
Ao confrontar estas peças com o jogo de anteparas de outra série, no caso o Galeão São João da Altaya, pude constatar que o mdf tornou-se uma nova alternativa na confecção de modelos e creio que veio para ficar!

Para cortes a laser, que é o caso das anteparas do Black Pearl, o mdf tem inúmeras vantagens sobre os compensados em geral. Muitos desconhecem o fato de que não são todas as madeiras se prestam a serem cortadas a laser!  Com o passar do tempo, quem opera esse tipo de equipamento vai descobrindo esses detalhes.
O mdf é insuperável para cortes a laser ou gravações!
Mas tem um problema com esse tipo de "madeira". E é muito complicado de ser pintado ou mesmo envernizado.
Quem já manipulou esse glomerado sabe muito bem disso.
Mas não há porque entrar em pânico! Existem alternativas e aqui irei descrever algumas delas para que possam doravante usá-lo  tranquilamente.
Pintura com tintas a óleo ou acrilicas, tinturas envernizamento.
Essa matéria poderá ser bastante útil para o pessoal que trabalha com artesanato em mdf ou para o pessoal que faz modelos rádio controlados também!

Pintura com tintas - óleo ou acrílica

O mdf tem como característica absorver qualquer tipo de tinta! Uma verdadeira esponja onde sucessivas camadas de tinta a óleo (esmaltes) ou acrílicas não resolvem o problema.
A solução é tapar todos os poros antes de pintar.  
Já faz um bom tempo que venho "pesquisando" e fazendo testes objetivando contornar esse problema.
A solução mais viável para pinturas com esmalte é aplicar um fundo cinza para selar.

Isso foi conseguido com um produto relativamente barato e de fácil aplicação o Colorgin Premium de uso geral. Para aplicar esse produto, é necessário agitar bem e por um bom tempo para que a tinta fique bem homogênea.
Passe uma primeira camada de maneira bem rápida e deixe secar. A segunda camada será feita de tal forma que cubra totalmente a superfície da área a ser pintada. Deixe secar bem. O tempo para secar é rápido.
Agora você poderá pintar com  esmalte ou mesmo com tinta acrílica!
Ambas cobrirão normalmente e terão a aderência que lhe é peculiar!
No caso de tinta esmalte eu, por uma questão de praticidade, uso muito tintas spray automotivas da mesma marca.

A vantagem é secarem rápido, acabamento muito bom e uma duração na lata por um longo tempo. Tinta esmalte em lata a quantidade mínima é ainda muito grande e, depois da lata aberta, a tinta vai secando ficando inutilizada em um espaço de tempo relativamente curto.
Alguns podem argumentar que o spray produz uma "nuvem" de tinta grande, que o espaço que dispõe é pequeno. Para esses há outras alternativas onde se consegue o mesmo resultado.

Vejamos então.
Ao invés de utilizar o fundo cinza em spray, você poderá aplicar um fundo  cinza para metal mediante um aerógrafo ou um pequena pistola de pintura. Nesse caso, a tinta será a mesma que os profissionais do ramo de serralharia (confecção de portões e grades de ferro) utilizam para dar o acabamento em seus produtos.
Não será muito difícil você negociar com um deles para conseguir uma pequena quantidade porque essa tinta apenas é encontrada em galões de 20 litros e bastante concentradas. Se faz necessário diluir bem com thinner.  

Outra maneira de você tapar os poros do mdf é dar uma demão e tinta latex. O mesmo tipo de tinta que é utilizada para pintar paredes. No caso poderá ser aplicada com um pincel chato macio. Deixa secar  e depois é apenas pintar! Mais uma alternativa! Primer 7 e 1 da Gato Preto. Pode ser aplicado facilmente com um pincel chato macio.
Sua secagem também é bastante rápida.
A peça ao lado foi pintada com tinta spray da Colorgin tendo como base o fprimer da Gato Preto mencionando.
Pode lançar mão de qualquer uma dessas dicas que dará certo porque eu mesmo testei todas elas.
Não estou passando para vocês coisas do tipo "ouvi falar!" ou copiando de algum outro site!
Foi tudo testado e confirmado por mim mesmo!

 

Dica!

Se o objeto for muito pequeno, basta dar uma demão nele com cola a base de cionocrilato (SuperBonder). Deixa secar e depois é pintar sem problema algum!


Mas a melhor maneira de entender uma coisa e ver como ela é feita na prática. Vou tomar como exemplo a montagem de um dos componentes de um de meus kits o Saveiro da Bahia, as farcas.

Na meia-nau do modelo existe um gradil em cada lateral que é chamado de farca.
Cada farca é composta de vários elementos cujo  conjunto forma a farca. São duas uma em cada lateral do modelo.
Todos os componentes vem recortados em uma pequena chapa de mdf.
Os componentes serão destacados a medida que o processo de montagem vai avançando.

O primeiro passo será unir duas pequenas réguas colando suas laterais uma a outra formando assim o topo da farca.

Esse conjunto será colado sobre os barrotes verticais da peça mais abaixo  como será visto em seguida.

 

A cola poderá ser uma qualquer a base de cianocrilato. Mas, se não tiver prática com esse tipo de cola, o mais indicado é utilizar mesmo a velha e sempre confiável cola branca haja vista haver necessidade de manipular as partes no sentido de deixá-las o mais alinhadas possível nas extremidades.

Depois que estiverem unidas passe levemente lixa para madeira de grana 220 mas sem muita força.
O suficiente a deixar a superfície lisa e a junção entre as duas partes sem desníveis.

Fazendo assim, ao pintar a superfície, esta terá a aparência de ser uma só peça ao invés de uma junção de duas.

 

Destaque outras duas pequenas réguas e encaixe cada uma delas nos rebaixos existentes na peça principal que contém os barrotes verticais.

Um conselho!
Se for pintar a farca toda de uma única cor, ao encaixar as régua passe cola.
Se tiver a intenção de pintas as réguas com uma cor diferente, apenas encaixe.

Assim depois que tiver dado a demão de tapa poros, você poderá retirar cada uma delas e pintar individualmente. O resultado será bem melhor do que tentar pintar as régua fixadas e coladas.

 

Aqui já temos a peça já pintada com o primer cinza em spray de usos geral da Cologin!

A cobertura foi perfeita, um trabalho rápido, limpo e com uma qualidade muito boa conforme pode ser visto na imagem.

O passo seguinte agora é pintar e esperar secar.