Cabines

Em alguns navios, por volta do século XVII, começaram a surgir cabines externas em sua estrutura.
Dependendo do modelo, a sua confecção poderá vir a ser trabalhosa. Isso irá depender diretamente da  escala com a qual se está trabalhando na confecção de um modelo.
Existem muitas formas de se fazer!
Está é apenas mais uma maneira.
A estrutura básica que dará o formato, poderá ser feita com peças moldadas em vácuo  forming, que é o caso aqui presente.

Ora! Se existe uma alternativa moderna, porque não utilizar?

Mas, poderá ser feito também por meio de segmentos de compensado, madeira, ou mesmo a partir de um bloco maciço de madeira balsa ok?

Como faço kits de montagem, desenvolvi uma máquina de vácuo forming para reproduzir essas peças de maneira rápida no sentido de facilitar a vida daqueles que montam meus modelos.

Aqui, trata-se da cabine do modelo Black Falcon , navio pirata do capitão Kid na escala 1/90 que muito em breve deverá ser lançado.


 

 

A peça foi colada no local onde será fixada a cabine colando com cola bi-composta de secagem rápida!
Não é aconselhável utilizar colas a base de cianocrilato em virtude de sua cura muito rápida o que impossibilita qualquer manipulação da peça para melhor ajustá-la ao local.

 

A quantidade de cola poderá ser generosa. Mas não deve ficar com excessos para fora.
O segredo consiste em passar primeiro uma fina camada na borda da peça e na superfície onde será colada.
Não cole de imediato.
Espere um tempo até a cola começar a ficar um pouco sólida. Nesse momento basta pressionar a peça conta a superfície onde deverá ser colada. O excesso poderá ser facilmente retirado com estilete.

 

A cobertura de madeira foi feita a partir de tiras de laminado de madeira.
A cola utilizada aqui foi uma a base de cianocrilato.

 

A cobertura foi feita das bordas para o centro até fechar completamente.
Feito isso, será dado o acabamento nivelando as bordas superiores e inferiores.
Poderá para tanto utilizar pequena lima chata associada a lixa de grana para madeira 220.

 

A parte superior foi feita mediante um bloco de madeira. De preferência do mesmo tipo e coloração da que está sendo utilizada na cobertura do casco. No caso presente a madeira é a imbuia. Poderia ter sido feita também pelo processo de vácuo forming? A resposta é sim!
Mas, aí teria-se um fator complicador! A parte de cima é arredondada! E fazer a cobertura de madeira acredito que seria muito trabalhosa!

 

O acabamento foi feito moldando-se com estilete, lima e lixa combinados. As arestas fora retiradas, lixando-se em seguida dado-lhe a forma arredondada.

 

Aspecto final da parte superior da cabine.

 

Na parte inferior seguiu-se o mesmo princípio e método.
Peça em madeira maciça e moldada por meio de estilete associado a lima curva (meia-cana) pequena e lixa. A madeira será da mesma utilizada na confecção da parte superior.

Nesse momento não há jeito!
O que vai valer mesmo aqui é a "santa mão"  do artesão!

 

Cabine concluída.
Dá para afirmar que não é totalmente de madeira?